adorai

Êxodo 40

Disse o Senhor a Moisés:

"Arme o tabernáculo, a Tenda do Encontro, no primeiro dia do primeiro mês.

Coloque nele a arca da aliança e proteja-a com o véu.

Traga a mesa e arrume sobre ela tudo o que lhe pertence. Depois traga o candelabro e coloque as suas lâmpadas.

Ponha o altar de ouro para o incenso diante da arca da aliança e pendure a cortina na entrada do tabernáculo.

"Coloque o altar dos holocaustos em frente da entrada do tabernáculo, da Tenda do Encontro;

ponha a bacia entre a Tenda do Encontro e o altar, e encha-a de água.

Arme ao seu redor o pátio e coloque a cortina na entrada do pátio.

"Unja com o óleo da unção o tabernáculo e tudo o que nele há; consagre-o juntamente com tudo o que lhe pertence, e ele será sagrado.

Depois unja o altar dos holocaustos e todos os seus utensílios; consagre o altar, e ele será santíssimo.

Unja também a bacia com a sua base e consagre-a.

"Traga Arão e seus filhos à entrada da Tenda do Encontro e mande-os se lavar.

Vista depois Arão com as vestes sagradas, unja-o e consagre-o para que me sirva como sacerdote.

Traga os filhos dele e vista-os com túnicas.

Unja-os como você ungiu o pai deles, para que me sirvam como sacerdotes. A unção deles será para um sacerdócio perpétuo, geração após geração".

Moisés fez tudo conforme o Senhor lhe havia ordenado.

Assim, o tabernáculo foi armado no primeiro dia do primeiro mês do segundo ano.

Moisés armou o tabernáculo, colocou as bases em seus lugares, armou as molduras, colocou as vigas e levantou as colunas.

Depois estendeu a tenda sobre o tabernáculo e colocou a cobertura sobre ela, como o Senhor tinha ordenado.

Colocou também as tábuas da aliança na arca, fixou nela as varas, e pôs sobre ela a tampa.

Em seguida trouxe a arca para dentro do tabernáculo e pendurou o véu protetor, cobrindo a arca da aliança, como o Senhor tinha ordenado.

Moisés colocou a mesa na Tenda do Encontro, no lado norte do tabernáculo, do lado de fora do véu,

e sobre ela colocou os pães da Presença, diante do Senhor, como o Senhor tinha ordenado.

Pôs o candelabro na Tenda do Encontro, em frente da mesa, no lado sul do tabernáculo,

e colocou as lâmpadas diante do Senhor, como o Senhor tinha ordenado.

Moisés também pôs o altar de ouro na Tenda do Encontro, diante do véu,

e nele queimou incenso aromático, como o Senhor tinha ordenado.

Pôs também a cortina à entrada do tabernáculo.

Montou o altar de holocaustos à entrada do tabernáculo, a Tenda do Encontro, e sobre ele ofereceu holocaustos e ofertas de cereal, como o Senhor tinha ordenado.

Colocou a bacia entre a Tenda do Encontro e o altar, e encheu-a de água;

Moisés, Arão e os filhos deste usavam-na para lavar as mãos e os pés.

Sempre que entravam na Tenda do Encontro e se aproximavam do altar, eles se lavavam, como o Senhor tinha ordenado a Moisés.

Finalmente, Moisés armou o pátio ao redor do tabernáculo e colocou a cortina à entrada do pátio. Assim, Moisés terminou a obra.

Então a nuvem cobriu a Tenda do Encontro, e a glória do Senhor encheu o tabernáculo.

Moisés não podia entrar na Tenda do Encontro, porque a nuvem estava sobre ela, e a glória do Senhor enchia o tabernáculo.

Sempre que a nuvem se erguia sobre o tabernáculo os israelitas seguiam viagem;

mas se a nuvem não se erguia, eles não prosseguiam; só partiam no dia em que ela se erguesse.

De dia a nuvem do Senhor ficava sobre o tabernáculo, e de noite havia fogo na nuvem, à vista de toda a nação de Israel, em todas as suas viagens.

<>