adorai

Gênesis 7

Então o Senhor disse a Noé: "Entre na arca, você e toda a sua família, porque você é o único justo que encontrei nesta geração.

Leve com você sete casais de cada espécie de animal puro, macho e fêmea, e um casal de cada espécie de animal impuro, macho e fêmea,

e leve também sete casais de aves de cada espécie, macho e fêmea, a fim de preservá-las em toda a terra.

Daqui a sete dias farei chover sobre a terra quarenta dias e quarenta noites, e farei desaparecer da face da terra todos os seres vivos que fiz".

E Noé fez tudo como o Senhor lhe tinha ordenado.

Noé tinha seiscentos anos de idade quando as águas do Dilúvio vieram sobre a terra.

Noé, seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos entraram na arca, por causa das águas do Dilúvio.

Casais de animais grandes, puros e impuros, de aves e de todos os animais pequenos que se movem rente ao chão

vieram a Noé e entraram na arca, como Deus tinha ordenado a Noé.

E depois dos sete dias, as águas do Dilúvio vieram sobre a terra.

No dia em que Noé completou seiscentos anos, um mês e dezessete dias, nesse mesmo dia todas as fontes das grandes profundezas jorraram, e as comportas do céu se abriram.

E a chuva caiu sobre a terra quarenta dias e quarenta noites.

Naquele mesmo dia, Noé e seus filhos, Sem, Cam e Jafé, com sua mulher e com as mulheres de seus três filhos, entraram na arca.

Com eles entraram todos os animais de acordo com as suas espécies: todos os animais selvagens, todos os rebanhos domésticos, todos os demais seres vivos que se movem rente ao chão e todas as criaturas que têm asas: todas as aves e todos os outros animais que voam.

Casais de todas as criaturas que tinham fôlego de vida vieram a Noé e entraram na arca.

Os animais que entraram foram um macho e uma fêmea de cada ser vivo, conforme Deus ordenara a Noé. Então o Senhor fechou a porta.

Quarenta dias durou o Dilúvio sobre a terra, e as águas aumentaram e elevaram a arca acima da terra.

As águas prevaleceram, aumentando muito sobre a terra, e a arca flutuava na superfície das águas.

As águas dominavam cada vez mais a terra, e foram cobertas todas as altas montanhas debaixo do céu.

As águas subiram até quase sete metros acima das montanhas.

Todos os seres vivos que se movem sobre a terra pereceram: aves, rebanhos domésticos, animais selvagens, todas as pequenas criaturas que povoam a terra e toda a humanidade.

Tudo o que havia em terra seca e tinha nas narinas o fôlego de vida morreu.

Todos os seres vivos foram exterminados da face da terra; tanto os homens, como os animais grandes, os animais pequenos que se movem rente ao chão e as aves do céu foram exterminados da terra. Só restaram Noé e aqueles que com ele estavam na arca.

E as águas prevaleceram sobre a terra cento e cinqüenta dias.

<>